Um Presidente inesquecível

Antônio Casaccia passou a ser o Presidente do G. E. Renner em 1946, um ano após o time conquistar o acesso para a divisão de honra do futebol gaúcho. O desafio era manter a jovem agremiação entre os grandes da capital. Tal desafio, no entanto, não parecia assustar o traquejado gerente das Lojas Renner eContinuar lendo “Um Presidente inesquecível”

Máquina de fazer gols

A equipe do Renner iniciou o ano de 1951 com a disputa do chamado “Torneio Extra”. O regulamento dessa competição previa que as sete agremiações participantes se enfrentariam em turno e returno. A fórmula do torneio previa ainda que os jogos da primeira fase seriam disputados em campo neutro, e que as partidas do returnoContinuar lendo “Máquina de fazer gols”