Página inicial

Posts recentes

A mãe do Badanha

Em 11 de junho, Leandro Staudt relatou, em sua coluna em GZH, a história que motivou a criação da expressão “Mãe do Badanha”. Exímio centromédio do G. E. Renner na década de 40, Badanha entrou para a história do futebol gaúcho pela sua qualidade técnica e pela marcação cerrada que sua mãe fazia nos cartolasContinuar lendo “A mãe do Badanha”

Golaço de Alduíno marca a última batalha no “Waterloo”

Porto Alegre, 02 de fevereiro de 1959: feriado municipal de Nossa Senhora dos Navegantes. A poucos metros do estádio Tiradentes, na paróquia da santa padroeira que dá nome ao bairro Navegantes, a tradicional festa popular da cidade transcorria animada, mobilizando uma multidão de fiéis. Enquanto isso, no “Waterloo”, a sempre fiel torcida rennista acompanhava oContinuar lendo “Golaço de Alduíno marca a última batalha no “Waterloo””

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada