Paixão nacional

As primeiras palavras da apresentação do álbum “Ídolos do futebol brasileiro” fazem referência a paixão dos brasileiros pelo futebol: “O futebol é o esporte predileto do nosso povo. Multidões sem conta, do norte ao sul do país, nos inúmeros campos existentes em nosso território, ou pelo rádio ou pela televisão, vibram com os lances das partidas em que se empenham os defensores de seu clube”.

A paixão nacional pelo futebol foi a principal justificativa para a publicação deste álbum impresso em 1955. O objetivo era reunir, em um só volume, todos os craques em atividade no território nacional. O resultado foi um álbum grandioso, um verdadeiro santuário dos maiores jogadores em atividade no Brasil na década de 50. Atletas do Renner, Grêmio, Internacional e Cruzeiro (RS) foram apresentados, juntamente a craques de Botafogo, Santos, Palmeiras, Vasco e muitos outros times.

No álbum, a figurinha de cada jogador era acompanhada por um breve resumo de sua vida pessoal e profissional. Ênio Andrade, Joecy e Prof. Selviro Rodrigues foram apresentados assim:

Ênio Andrade (Foto Reprodução / Ídolos do futebol brasileiro)

ÊNIO ANDRADE (Ênio Vargas de Andrade). Meia-esq. Nasceu em P. Alegre, em 31-1-928; casado; 1,72m de alt. Surgiu no Marquês do Alegrete (2ª div.) em 43, jogando depois no S. José, no Internacional, onde se fêz profis. em 51, e, desde 52, no Renner. Campeão da Capital em 50/51, da Capital e Est. Em 54, vice da Capital em 48 (pelo S. José) e em 52/53. Integrou a seleção de 55.

Joecy (Foto Reprodução / Ídolos do futebol brasileiro)

JOECY Vieira de Castro. Ponta-esquerda. Nasceu em P. Alegre, em 31-1-927; casado; 1,68m de altura. Surgiu no G. E. Belém Novo em 1945, jogando depois no E. C. Cruzeiro, onde se fêz profissional em 1948, e, desde 1952, no Renner. Campeão de 1954 da Capital e do Estado e vice da Capital 1952/53. Integrou as seleções gaúchas em 1954/55.

Prof. Selviro Rodrigues, o treinador rennista (Foto Reprodução / Ídolos do futebol brasileiro)

SELVIRO RODRIGUES da Silva. Técnico. Nasceu em Tupanciretã (R. G. do Sul), em 31-8-917; casado; 1,71m de altura. Estreou, como técnico, no Grêmio P. Alegrense em 1948, indo em 1950 para o Renner, onde está. Campeão de 954 da Capital e do Estado, vice da Capital em 952/953 e campeão dos Torneios Inícios de 952/53/55. Dirigiu a seleção gaúcha de 955.

Grêmio Esportivo Renner, de Porto Alegre (Imagem Reprodução / Ídolos do futebol brasileiro)
Capa do álbum “Ídolos do futebol brasileiro” (Imagem Reprodução / Casa Editora Vecchi)

Publicado por rennervive

Uma página dedicada ao Grêmio Esportivo Renner (1931-1959)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: