Uma revolução no futebol gaúcho

A renovação do plantel do Renner atingiu seu ápice no segundo semestre de 1958. Em 12 de agosto, após doze anos atuando debaixo das traves rennistas, o lendário Valdir Joaquim de Morais assinou contrato com a Sociedade Esportiva Palmeiras, e do elenco Campeão de 1954 restavam apenas três craques: Bonzo, Gago e Joeci. No entanto, o time mantinha-se altivo, sonhando com a conquista de mais um campeonato estadual.

No domingo 24 de agosto, em memorável partida entre Renner e Internacional, com o público lotando o estádio Tiradentes, o time foi a campo apresentando oito garotos oriundos de suas categorias de base, todos com média de 21 anos de idade. E a torcida não saiu decepcionada, pois assistiu a um verdadeiro show de bola. Jogando com muita desenvoltura, a base rennista envolveu o adversário e não teve dificuldades para balançar as redes coloradas em cinco oportunidades: Higino (três vezes), Claudio e Joeci foram os autores dos gols na vitória por 5 x 2.

Em 26 de janeiro de 1959, a Gazeta Esportiva, de São Paulo, em texto assinado pelo jornalista Orlando Duarte, analisou a revolução que o Renner estava provocando no futebol gaúcho – a transformação era o resultado do investimento do clube em jovens jogadores. Também foi destacada a média de idade do elenco, que levou o Renner a ser conhecido como o “Colégio de Brotos” ou os “Brotos do Selviro”: Higino, de 21 anos, goleador do Campeonato Metropolitano de 1958, em que o Renner foi terceiro colocado, e Alduíno, o mágico lateral de apenas 20 anos, foram os destaques da matéria. O texto também mencionou a aguardada excursão que levaria o time à Europa, em março daquele ano, para disputar cerca de “vinte pelejas”. E comentava, em seu fechamento:

“O Renner, a continuar nesta marcha, poderá inclusive ser o Campeão Gaúcho de 1959”.

Em 12 de março de 1959, menos de dois meses após a “profecia” da Gazeta Esportiva, para a tristeza e perplexidade de seus torcedores, o Renner não existia mais…

Foto: Renner 58, com Henrique (24 anos), Alduíno (20), Bonzo, Gago, Raul e Dilson (19); Joeci, Raimundo (22), Higino (21), Osquinha (19) e Claudio (20).

Publicado por rennervive

Uma página dedicada ao Grêmio Esportivo Renner (1931-1959)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: