Renner Vive é notícia

O Renner continua balançando os corações de saudosos torcedores, assim como de herdeiros desse sentimento inabalável! Na página 30 da Zero Hora de hoje, 10 de Junho de 2020, em meio a maior pandemia das últimas décadas, o Grêmio Esportivo Renner foi saudado na coluna de Diogo Olivier. O jornalista, filho de torcedor Rennista, que em outros momentos já relembrou a trajetória e o sucesso do time do 4o distrito, celebrou a existência desse espaço e contribuiu mais uma vez para a manutenção da chama do Papão de 54 acesa. Contribuições já começaram a chegar em nossos meios de comunicação. Agradecemos ao jornalista pelo espaço disponibilizado e pelo apoio ao projeto!

Publicado por rennervive

Uma página dedicada ao Grêmio Esportivo Renner (1931-1959)

2 comentários em “Renner Vive é notícia

  1. Eu me orgulho duplamente com os “Rennistas”. Primeiro, porque, nos meus 10 anos de idade eu vi, em 1954, o Renner ser campeão estadual e assisti, no Alfredo Jaconi, 3 jogos naquele ano. Empate de 3×3 no primeiro amistoso, a seguir Vitória de 1×0 do meu Juventude e empate de 2×2 no primeiro turno. Já no segundo, o Renner nos atropelou e goleou por 9×2, sendo campeão por antecipação neste jogo.
    O segundo motivo é porque eu eternizei o Renner no livro que escrevi – “Uma vez para Sempre” e travei conhecimento com vários ex-atletas e fiquei grande Amigo do Dr. Arnaldo da Costa Filho, meu colega-médico.
    Livro fez sucesso também fora do estado. E ainda sobraram alguns exemplares. E digo isso, tranquilamente, porque não recebo um centavo. Quem ainda tem os livros é uma livraria de Caxias do Sul. Se alguém tiver interesse pode me contactar. Talvez, eu consiga com desconto, dependendo da quantidade.

    Curtir

    1. Caro Michelim . No 27 de julho próximo o Renner comemora o seu aniversário . A Pandemia está atrapalhando o plano de inauguração do Memorial Valdir Joaquim de Morais . Estamos reunindo fotos, textos , vídeos , publicações que se vinculam com este fenômeno sócio cultural que foi o G. E. Renner. A família do Valdir , doou para o Memorial todos os álbuns que ele organizou , como um diário dos jogos em que jogou , desde quando era juvenil (1947/48) , até ir para o Palmeiras em fins de 1958. Logo no início de 59 , o Renner encerrou suas atividades . Material impressionante.” Uma vez para sempre” , faz parte do acervo . Leitura obrigatória para todos os Rennistas e para quem gosta de futebol. Fizeste uma dedicatória para o meu filho Vítor , quando do lançamento em 2009 em P.Alegre. “ Para o Vítor aprender o que foi um grande time, com abraços FMichielin” . O Vítor não só aprendeu contigo , como hoje é o editor responsável pelas páginas do Renner Vive. Te avisarei quando será inaugurado o Memorial. Gostaríamos de contar com a tua presença. Abração

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: